Home » Depoimentos » Guilherme D. Ferla Jr.

Conheci Marcelo Câmara no movimento de Emaús em Florianópolis.
O que sempre me chamou atenção foi o sorriso, acolhida e carinho com todos que encontrava, sem contar na sua capacidade intelectual, na sua profissão e profundidade com que buscava o conhecimento das coisas de Deus. Suas palestras eram sempre bem fundamentadas e preparadas com muito zelo e dedicação. Conversar com ele era sempre um aprendizado, sobretudo de vivência Cristã. Por isso, penso que entendia como poucos a palavra que São Pedro, que, aliás, foi-me apresentada por nosso amigo comum, Klaus Raupp, no retiro de Emaús: “Antes declarai Santo, em vossos corações, o Senhor Jesus Cristo e estai sempre prontos a dar a razão da vossa esperança a todo aquele que a pedir.” (1 Ped 3,15)
Também participei de um retiro do Opus Dei com Marcelo em São José dos Pinhais, fomos juntos na Van do Manzi, que sempre nos dava carona. A atenção com todos e o bom humor eram sempre marcantes, e olhar o Marcelo rezar o terço, nos ajudava a rezar melhor. No retiro, sempre muito atento a todas as palestras e dedicado em todos os exercícios espirituais propostos pelo Pe. Flávio.
Na mesma época que Marcelo fazia quimioterapia, meu Pai desenvolveu um Câncer de Pulmão e também teve que se submeter ao tratamento. Nos encontramos vária vezes no Hospital de Caridade para seções de Quimioterapia. Marcelo chegava sempre com a educação que lhe era peculiar e nos acolhia com um “ô seu Guilherme” para o meu Pai, e o incentivava para continuar o tratamento.  Aí sentava na sua cadeira, a enfermeira o atendia, pegava um livro, que sempre trazia consigo e ficava ali, recebendo o medicamento e lendo, como se estivesse tudo bem. E eu preocupadíssimo com meu Pai e sentindo dentro de casa os efeitos da medicação, me perguntava “como pode o Marcelo com tantas seções de quimioterapia, ter essa serenidade e tranquilidade que muitas vezes não tenho com uma gripe?” Estar com ele era sempre um aprendizado.
Ôôô meu amigo, aí do Céu olha por nós e nos conceda esta Graça de sermos mais bem-humorados e dedicados nas coisas de Deus, como tu fostes, seja na família, na Igreja, nas comunidades a que pertencemos e no trabalho, onde tenho certeza que como Professor e Promotor de Justiça você também alcançou sua santificação.

Guilherme D. Ferla Jr.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *